Planejamento Previdenciário para Aposentadoria Especial

Não é novidade que tudo o que fazemos de modo planejado tem menos chances de dar errado. Deste modo, planejar a sua aposentadoria especial com antecedência pode fazer você evitar perder tempo e dinheiro!

O planejamento previdenciário é um serviço disponibilizado por um advogado especialista em Direito Previdenciário, e serve para garantir que o contribuinte especial do INSS tenha o melhor benefício possível, sem estresse e sem preocupações.

Em se tratando de Aposentadoria Especial, o planejamento previdenciário é ainda mais importante, tendo em vista que essa modalidade de benefício é mais difícil de se conquistar.

Mas fique tranquilo, no post de hoje iremos falar para você tudo o que você precisa saber sobre planejamento previdenciário para que você consiga sua tão sonhada aposentadoria especial, confira até o final!

DOUTOR, O QUE É O PLANEJAMENTO PREVIDENCIÁRIO?

Este serviço tem como objetivo organizar sua futura aposentadoria, de modo que, quando chegar o grande dia, você não tenha nenhum tipo de empecilho que podem atrapalhar a concessão da sua aposentadoria especial. Quem realizará este serviço é advogado especializado em Direito Previdenciário.

No Planejamento Previdenciário, o advogado especialista irá observar o que a legislação previdenciária determina, devendo verificar se você preenche os requisitos para determinada aposentadoria.

No serviço, é levado em consideração os seguintes aspectos:

  • os tipos de aposentadoria, comum ou especial;
  • o tempo de contribuição, e a conversão do tempo especial em comum se for o caso;
  • o valor da contribuição;
  • a quantia que o trabalhador deseja receber de benefício;
  • se você entra em alguma Regra de transição, etc.

Ainda, importante dizer que o contribuinte poderá ter direito a mais de um benefício, deste modo, o advogado irá analisar e verificar qual é a melhor aposentadoria para ele, onde deverá ser levado em conta, principalmente:

  • qual benefício será o mais alto;
  • qual benefício será o mais rápido.

Deste modo, realizado o planejamento você poderá se preparar com antecedência para a sua aposentadoria, fazendo o recolhimento da maneira correta para que não seja pego de surpresa no futuro.

Sem um planejamento previdenciário adequado para o seu caso, você poderá perder tempo e dinheiro! Portanto, procure um advogado especialista imediatamente.

VOCÊ SABIA QUE CONQUISTAR UMA APOSENTADORIA ESPECIAL NÃO É FÁCIL?

O INSS geralmente não reconhece o tempo de atividade especial no pedido realizado administrativamente pelo contribuinte. É bastante difícil que o Instituto considere os períodos de atividade realizados sob agentes nocivos ou perigosos à saúde do segurado como especiais.

Os principais argumentos que o INSS utiliza são:

  • não havia contato habitual com o agente nocivo;
  • o EPI utilizado pelo segurado era eficaz, acabando com a especialidade da atividade;
  • o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) do segurado não atestava insalubridade/periculosidade na atividade;
  • o PPP do segurado estava incompleto;
  • o grau de insalubridade é abaixo dos parâmetros estipulados pela lei.

Deste modo, é bastante comum que, apenas ingressando com pedido judicial o contribuinte consegue a aposentadoria especial, isso porque podem ser feitas perícias técnicas no local de trabalho, atestando a especialidade da atividade.

Portanto, se o seu pedido de aposentadoria especial foi negado no INSS, procure um advogado especialista para analisar o seu caso e dar entrada no pedido judicial!

PLANEJAMENTO PREVIDENCIÁRIO PARA APOSENTADORIA ESPECIAL

Como falamos anteriormente, não é novidade que o INSS indefere quase que 90% dos pedidos de aposentadoria especial realizados administrativamente.

Portanto, planejar e se organizar, podem salvar o seu pedido de aposentadoria especial.

Neste ponto é que o advogado especialista irá entrar em ação: PLANEJAMENTO PREVIDENCIÁRIO PARA APOSENTADORIA ESPECIAL. Este profissional irá analisar o seu tempo contribuitivo em atividade especial e separar os documentos necessários para que o INSS não indefira o seu benefício.

CONFIRA OS DOCUMENTOS PARA CONQUISTAR A TÃO SONHADA APOSENTADORIA ESPECIAL

Basicamente, você precisará da seguinte documentação para poder reconhecer seus períodos de atividade como especial:

  • PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário);
  • LTCAT (Laudo das Condições Ambientais do Trabalho);
  • Carteira de Trabalho (CLT);
  • Recebimento de adicional de insalubridade ou periculosidade;
  • Laudos de insalubridade em Reclamatória Trabalhista;
  • Certificado de cursos e apostilas;
  • DIRBEN 8030 (antigo SB-40, DISES BE 5235, DSS 8030), para períodos de atividade especial antes de 01/01/2004;
  • Perícias judiciais previdenciárias realizadas na sua empresa;
  • Laudos de insalubridade em Reclamatória Trabalhista.

Importante dizer que até 28/04/1995 a especialidade das atividades era reconhecida por categoria profissional. Ou seja, se você estiver nesta lista de profissão considerada como insalubre ou perigosa, é necessário somente comprovar que você exercia, de fato, aquele trabalho.

Com o planejamento previdenciário, o advogado especialista verificará se você possui, de fato, tudo o que você precisa para dar entrada em seu futuro pedido de aposentadoria.

Se faltar algum documento, ele te guiará, mostrando o caminho para que você consiga ter todos os comprovativos e requisitos para que no futuro não falte absolutamente nada para você dar entrada na sua aposentadoria especial. Deste modo, com o advogado te guiando, as suas chances de conseguir a Aposentadoria Especial no INSS aumentam bastante.

Ainda, mesmo que você não tenha atingido todos os requisitos para a concessão da aposentadoria especial, existe a possibilidade de converter o tempo de atividade especial para tempo de contribuição “comum”, mediante uma contagem diferenciada e benéfica.

No Planejamento Previdenciário, o especialista te informará desta possibilidade e verificará qual é o melhor benefício para você, contudo, a conversão só pode ser feita para atividades especiais exercidas antes de 13/11/2019, tendo em vista que a reforma da previdência eliminou esta possibilidade com períodos especiais feitos a partir da vigência desta nova norma.

Procure sempre um advogado especialista para fazer o seu planejamento de aposentadoria especial!

 

 

 

Fechar Menu